Gilvan Borges é o candidato do governo a prefeito de Macapá

Bem posicionado nas pesquisas internas, o deputado Ericláudio Alencar, líder do governo na Assembleia Legislativa, sonhava com o apoio do governador Waldez Góes para ser candidato a prefeito de Macapá, mas foi jogado para escanteio em função de compromissos assumidos em 2014 por Góes com o grupo Borges. Um desses compromissos era  apoiar o ex-senador Gilvan Borges (PMDB) para a prefeitura de Macapá. E Góes decidiu cumprir o acordo. Chamou Ericláudio e informou-o da decisão.
A única saída para o líder do governo era tentar convencer Gilvan Borges a desistir da candidatura e se preparar para concorrer ao Senado ao em 2018. Mas não houve conversa, ladainha, reza braba nem mandinga capaz de convencer Borges a mudar de ideia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *