MP Eleitoral impugnou 21 registros de candidatura no Amapá

O Ministério Público Eleitoral contesta, junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE/AP), a validade de mais oito registros de candidatura, além dos 13 já impugnados. Ao todo, até o fim do prazo, que se encerrou nesta quarta-feira (22), o MP Eleitoral impugnou 21 registros de pretensos candidatos. A data limite para análise dos pedidos do MP Eleitoral pelo TRE/AP se encerra em 17 de setembro.

Outras três ações contestam partidos políticos que deixaram de cumprir a cota de gênero e formalidades legais relativas ao Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários (Draps). Nas peças, constam documentos requeridos junto ao Supremo Tribunal Federal e aos Tribunais de Contas da União e do Estado, que atestam os argumentos apresentados pelo MP Eleitoral acerca da inelegibilidade dos impugnados. A lista das impugnações e o andamento das ações no TRE/AP está disponível na página www.mpf.mp.br/preap/impugnacoes. Ao clicar no número do processo é possível consultar a íntegra dos documentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *