MP Eleitoral pede cassação do registro de candidatura do atual prefeito de Tartarugalzinho

A Promotoria Eleitoral da 8ª Zona Eleitoral, em Tartarugalzinho, ajuizou nesta sexta-feira (23), uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) contra o atual prefeito do Município e candidato a reeleição, Rildo Gomes de Oliveira, com pedido de decisão definitiva pela cassação do registro e/ou diploma por da prática de abuso do poder político.
O Ministério Público Eleitoral apurou que o gestor municipal aumentou em aproximadamente 50% as despesas com pessoal, ao longo dos meses de janeiro a agosto de 2020.

Ao consultar o portal da transparência do município o MP Eleitoral observou que, “em um exíguo período de oito meses, 818 servidores foram contratados, desse modo mais que triplicando o quantitativo do ente político, passando de 405 para 1.224, em pleno ano eleitoral e em um município cuja população é de apenas 17.458 habitantes, segundo dados do IBGE de 2018, cujo eleitorado é de apenas 9.271 eleitores.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *