Eleições 2022 – Justiça faz busca e apreensão em gráfica e apreende panfletos contra Clécio

A Justiça Eleitoral apreendeu na manhã de hoje milhares de panfletos  contra o candidato ao governo do Amapá Clécio Luís (Solidariedade) que vem liderando as pesquisas de intenção de voto com 50% (veja pesquisa do IPEC aqui)

A apreensão se deu na Gráfica Vithoria, localizada no bairro Buritizal, zona sul de Macapá.
No momento que os oficiais de Justiça chegaram ao local, as duas rotativas da gráfica estavam funcionando  a pleno vapor imprimindo o material e na fila de espera já haviam mais dois materiais para ser impressos.Sabe-se que há vários dias este tipo de material contra Clécio Luís vem sendo impresso e distribuído, tanto que na madrugada de hoje milhares deles emporcalharam vários pontos da cidade.
Calçadas (passeio público), quebradas e ruas amanheceram cobertas desses panfletos. A ousadia é tanta que até na calçada do Ministério Público centenas de panfletos foram jogados.

O mandado de busca e apreensão é resultante de uma representação feita pela coligação “Amapá para todos” e seu candidato Clécio Luís contra o adversário Jaime Nunes (PSD), que aparece em segundo lugar nas pesquisas com 36%  (veja pesquisa do IPEC aqui).

Usando as redes sociais, Clécio Luís desafiou o adversário a “trazer a campanha para o nível do debate”.
Ele ressaltou que sua campanha continua crescendo (Clécio cresceu 9 pontos e Jaime apenas 1 nos últimos dias- veja  aqui ) recebendo muitas adesões e que vai continuar apresentando propostas. “Para o outro lado restou apenas a agressão, fake news, ataques e mentiras”, disse Clécio.

O candidato a vice-governador na chapa de Clécio, Teles Junior,  enfatizou: ” Voltamos ao passado nessa eleição, distribuir panfletos apócrifos com denúncias é coisa da velha política. Enquanto isso continuamos nas nossas propostas e espero que o adversário tome o mesmo caminho.”
Veja o mandado de busca e apreensão:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.