GTA prende funcionário público com R$ 27 mil que seriam usados para comprar votos

O Grupo Tático Aéreo (GTA), prendeu na tarde de hoje (30) próximo ao conjunto Laurindo Banha, um homem de 33 anos, funcionário público do SuperFácil, quando transportava em um carro R$ 27.206,00 em espécie e diversos santinhos de candidatos ao cargo de deputado federal e à deputada estadual.

A PF realizou o flagrante do homem por compra de votos, cujas penas podem chegar a 4 anos de reclusão, além do pagamento de multa.

Caso se comprove o envolvimento dos candidatos, poderá haver a perda do mandato caso eleitos.

(Ascom/PF)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.