Futebol de luto – Bill Maravilha perde o pênalti da vida

Grande craque na década de 1970, faleceu na tarde de hoje o ex-jogador Bill Maravilha – um dos maiores goleadores do futebol amapaense.
Bill tinha 63 anos de idade. Informações que chegam ao blog dão conta que ele passou mal em casa, foi levado ao Hospital de Emergência mas não resistiu a um infarto fulminante, perdendo um definitivo pênalti da vida.
O corpo está sendo velado na sede do MV-13 (Odilardo Silva, Bairro do Trem) e o sepultamento será amanhã.Bill Maravilha jogou no Macapá, Santana e Ypiranga Clube. Foi neste último que passou mais tempo e se tornou ídolo da torcida. Ele fez parte também da seleção amapaense.
Baixinho, mas super veloz, Bill não perdia uma oportunidade de fazer gol. Brincava com a bola e esta lhe obedecia sem contestar. Foi realmente um grande craque.
Na juventude fui sua amiga e, como repórter esportiva na época, entrevistei-o várias vezes. Nos últimos anos poucas vezes encontrei o Bill e nesses raros encontros o assunto sempre era futebol. Rememorávamos suas inesquecíveis jogadas e os tempos áureos do futebol tucuju.
Mas, às vezes, também se trocava o bate-papo sobre futebol pelo bate-papo poético. A foto acima é um registro da presença no craque no Movimento Poesia na Boca da NoiteBill e Dayse Pelaes num entardecer na calçada da casa do escritor César Bernardo em encontro do Movimento Poesia na Boca da Noite. Ele acompanhava atentamente as performances poéticas.

  • Os meus pêsames aos familiares e amigos.
    É uma pena que no Estado do Amapá não tenhamos ainda um simples local que sirva como memorial (de preferência para homenagear aos ainda vivos que fizeram história). Isso poderia ser feito nos saguões de prédios como os das Câmaras Municipais, Assembleia Legislativa, sede do Tribunal de Justiça, ou em um espaço específico com franco acesso ao público.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *