No embalo da rede

Poeta, escritor e sociólogo, meu amigo Fernando Canto curte o domingo no embalo da rede entre flores, tajás, samambaias e passarinhos.
Fernando, eu também vou atar uma rede  quintal para  embalar meus sonhos lendo tua poesia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *