A ponte caiu – Oiapoque, de novo, isolado

ponteaA ponte de madeira do Igarapé da Inês, próximo a localidade de Carnot (município de Calçoene) não aguentou o peso desta carreta bi-trem carregada de toras de madeira e desabou.
O fato aconteceu na manhã de ontem, domingo, por volta das 8h, deixando várias localidades  e o município de Oiapoque completamente isolados.

A  Secretaria de Estado dos Transportes (Setrap)   já está com uma frente de trabalho para a construção de uma nova ponte e abriu um desvio de acesso ao município de Oiapoque, mas informa que apenas veículos de pequeno porte passam pelo local.
A nova ponte deverá ser concluída em uma semana.

(Foto copiada de perfis no Twitter. Se você souber quem é o autor por favor informe na caixa de comentários para que o blog possa dar os devidos créditos)

  • Eu sabia que iriam culpar o Camilo. Quanta falta de imaginação! Há quantos anos a estrada (ou arremedo de estrada) Macapá/Oiapoque existe? Quantos quilômetros foram pavimentados nos 8 anos do Valdez e nos 4 anos do Camilo?

  • Tem que responsabilizar o governador e o antigo secretário da Setrap que andam pedindo votos por aí. Um diz que está tudo em ordem e o outro agora tem solução pra todos os problemas, mas passou pelo Setrap e nem viu as condições destas pontes em fim de carreira, mas fala que vai resolver as coisas de errado desse governo.

  • O motorista e o dono do bi-trem deveriam ser presos. Eles sabem que essas pontes não suportam esse tipo de peso. Por outro lado,esse tipo de carga, madeira em tora, deve ser ilegal.

  • Essa é apenas uma, das demais que estão nessa estrada.
    As outras estão de mau a pior…Só quem trafega nelas sabem o quanto é triste a sociedade andar por estradas, ruas, pontes…E enquanto isso os que dissem representantes do Povo e Fiscalizadores da lei, não enxergão o que este povo sofre, pontes quebradas e quebrando, estradas com buracos e crateras…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *