Acabou o racionamento, mas…

Por volta das quatro horas da madrugada entrou em operação o transformador que veio do Laranjal do Jari. Assim, depois de mais de 20 dias, acabou o racionamento de energia nos 13 dos 16 municípios amapaenses.
Mas essa não é uma solução definitivo. O risco de apagão permanece, pois tudo que foi feito é paliativo, foi apenas uma solução emergencial para tirar o Amapá do breu.
O racionamento acabou, mas estamos na mesma condição que estávamos até o incêndio que destruiu totalmente um transformador e parcialmente outro, ou seja, continuamos sem um transformador reserva, sem um plano B.
O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, ao comentar que foi informado pelo MME e ONS que o sistema foi normalizado essa madrugada, ressaltou que “os técnicos explicam que o sistema não está livre de instabilidades, já que o problema energético é estrutural.”
Então não  podemos deixar que o governo federal (Ministério das Minas e Energia, Aneel e ONS) vire novamente as costas para o Amapá. Temos que exigir a solução definitiva, a compra de transformadores para substituir os danificados, a compra de transformadores reservas para que o do Jari seja devolvido (O Jari agora está sem reserva) e tantas outras providências.

  • Olá
    OPrefeito,Governador,Desembargadores,Procuradora Ivana Cei, vereadores, deputados estaduais, Gabinete de Crise estão fazendo o quê ?O Povo Amapaense mostrou a Força que tem …. O que está faltando?

Deixe um comentário para Deise Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.