Céu de árvores misteriosas – O Amapá no jornal O Globo

Floresta do Amapá, quase intocada pelo homem, é um universo à parte no Brasil

por Ana Lucia Azevedo*

MACAPÁ – A Lua cheia iluminou as noites de junho. Mas o luar foi incapaz de ultrapassar a barreira verde da copa da floresta amazônica. Esta permaneceu escura como o breu que dá nome a uma das suas milhares de espécies de árvores, alheia à luz que prateava os rios e a noite. Nesse canto do Brasil cortado pela linha do equador e situado no Hemisfério Norte, o calor reina eterno e o inverno que se despede é apenas a estação mais chuvosa. A floresta domina homens, bichos e plantas como há milhares de anos, muito antes da chegada dos colonizadores europeus.

Leia a matéria  completa  aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *