Amapá deve mais de R$ 300 milhões ao INSS. Dívida provoca demissões em massa

Por causa da UDE, Amapá deve mais de R$ 300 milhões ao INSS
Seles Nafes

A Procuradoria Geral do Estado informou nesta segunda-feira, 11, que o Amapá deve mais de R$ 300 milhões em contribuições ao INSS dos servidores da Unidade Descentralizada de  Execução (UDE). Além disso, a dívida com o FGTS também somaria quase o mesmo valor.

Os servidores da UDE trabalham em todas as escolas do Estado como serventes, auxiliares administrativos e serviços gerais. Eles começarão a ser demitidos na próxima quarta-feira, 13, conforme prevê um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado pelo então governador Camilo Capiberibe (PSB) em 2013. Serão dispensados 50 profissionais por mês. (Leia a matéria completa aqui)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *