Domingo – XXII Parada do Orgulho LGBTQIA+ de Macapá em defesa à democracia

A 22ª edição da Parada do Orgulho LGBTQIA+ de Macapá ocorrerá próximo domingo, dia 25. Consolidada como a mais antiga e atuante da região norte do Brasil, a Parada da capital tucuju mais uma vez desenvolve-se em meio a públicas manifestações e mobilizações que objetivam promover visibilidade, celebração, resgate, empoderamento e construção contínua de pautas intrínsecas à população LGBTQIA+ que compõe a sociedade do estado do Amapá.

Em 2022, com retorno às atividades totalmente presenciais pelo município, outrora paralisadas em decorrência da pandemia de COVID-19, a XXII Parada aborda o tema “Defenda a democracia: vote contra a LGBTfobia”. Bryan Marques, representante da Coordenação-Geral do evento, ressalta que “Em um ano de eleições revolucionárias

como este, é papel e dever, sim, de cada cidadã e cidadão LGBTQIA+ de nosso país lutar pela renovação de uma democrática estrutura política de fato mais justa, humana e favorável às diversidades de gênero, orientações sexuais e expressões de identidades.”.

Conforme a Associação Nacional de Travestis e Transexuais (ANTRA), o Brasil, há mais de uma década, lidera a lista de países que matam mulheres travestis e pessoas trans. No Amapá, a população LGBTQIA+ igualmente ainda sofre em cenário de descasos e agressões, desde violências físicas motivadas por LGBTfobia a destratos no atendimento em sistema público de saúde. Desta forma, a XXII Parada mantém-se um símbolo de resistência à vida LGBTQIA+ e de reforço às demandas específicas da comunidade afim.

Neste ano, a tradicional Marcha da Diversidade pela orla de Macapá, às margens do rio Amazonas, terá concentração às 15h no Complexo do Araxá. O percurso compreende a extensão da av. Beira Rio até o centro comercial da cidade. Aguarda-se um público de aproximadamente 70 mil participantes, como em sua última edição presencial possível, em 2019.

Ao fim do trajeto, ao lado da Fortaleza de São José de Macapá, a marcha dará lugar ao Palco da Diversidade, espaço de apresentações de artistas LGBTQIA+ regionais: Michele Maycoth, Mc Deeh feat. Yanna MC, Jhimmy Feiches, Pagodelas, Ruan Mikael, Grupo AP Delas, Mayura Justin e Samira Catuaba. Apresentação de Selene Taques e Katryelle Velmont.

“Lutar contra a LGBTfobia e festejar a diversidade não acontece apenas em um dia”, aponta Simone de Jesus, precursora militante e membro da coordenação executiva da XXII Parada. “Nossa Parada não se resume a marchas. Ela representa a necessidade vital de sempre estarmos em busca por igualdade, coletividade, respeito, Direitos Humanos”, conclui.

Durante 2022, a comissão organizadora da Parada, com apoio de órgãos e entidades municipais e estaduais e aliados, realizou eventos clássicos de sua programação, a exemplo de Casamento Coletivo, disputas desportivas de vôlei e queimada em praças, Feijoadíssima, Parada Preta e Quarta Lilás. Ainda ocorrerão a V Marcha das Mulheres LBTI+ e a Sexta da Diversidade no dia 23/09, na Praça do Coco; e a I Corrida da Diversidade, em 24/09, à orla de Macapá._____
Serviço:
XXII Parada do Orgulho LGBTQIA+ de Macapá
Concentração: 15h; Complexo do Araxá
Percurso: av. Beira Rio – Fortaleza de São José

(Texto: Assessoria de comunicação da Parada do Orgulho LGBTQIA+)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.