Durante encontro em Macapá, Estado e União discutem a implantação de programas federais da Educação

Durante encontro em Macapá, na manhã desta quinta-feira, 28, os Governos do Amapá e Federal discutiram programas e políticas públicas educacionais com os municípios amapaenses.

A agenda, liderada pelo ministro da educação, Milton Ribeiro, e o governador Waldez Góes, com a presença de membros da bancada federal amapaense, também auxiliou os gestores na prestação de contas dos municípios. O atendimento aconteceu no Centro de Educação Profissional de Música Walkíria Lima, no Centro da capital amapaense.

O evento dá continuidade à agenda estabelecida pelo Ministério da Educação (MEC) e Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), criada com o intuito de explicar e tirar dúvidas sobre os principais programas e auxiliar os gestores na prestação de contas dos municípios, buscando solucionar os problemas enfrentados por eles.

Segundo o ministro da educação, a agenda é uma forma de resolver questões técnicas que os municípios têm dificuldades em solucionar.

“Nós temos cumprido uma determinação do Governo Federal, saindo dos gabinetes em Brasília para ver o que os prefeitos estão realizando em seus municípios, para que possamos resolver as demandas que eles têm dificuldade com maior facilidade”, afirmou Ribeiro.

Para, Marcelo Ponte, presidente do FNDE, os atendimentos presenciais mostram novas possibilidades de consultas para os gestores municipais.

“Hoje, o Amapá é o 19º estado que visitamos nessa comitiva itinerante. São mais de 1.600 municípios atendidos in loco, e no Amapá pretendemos ajudar as equipes das prefeituras a solucionar demandas de escolas inacabadas, acesso a crédito escolar e ao nosso cardápio de possibilidades para resolução de problemas”, pontuou o presidente.

O governador do estado, Waldez Góes, destacou a visita como importante para o desenvolvimento da educação estadual.

“As nossas políticas educacionais estão bem desenvolvidas e receber o apoio do FNDE é fundamental para dar segmento no avanço dessa pasta, agora devemos alinhar as prefeituras e Governo Federal para os investimentos acontecerem”, disse Góes.

A secretária da educação, Goreth Sousa, ressaltou a importância da formação dos técnicos para acesso aos recursos federais.

“A formação ofertada hoje aos técnicos municipais, reforça a capacidade desses profissionais para que as secretarias de educação não fiquem inadimplentes por algum erro técnico durante o acesso ao recurso e a prestação de contas, assim, podendo captar maiores recursos para seus municípios”, comentou Goreth.

Para o prefeito de Macapá, Antônio Furlan, a agenda é um indicativo de melhora na captação de recursos educacionais para os municípios.

(Texto: Fernando Carneiro Pereira  – Foto: Pedro Gomes)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.