E o caos na saúde só aumenta

Agora quem procura o Hospital Alberto Lima, o maior hospital público do Amapá, para fazer exames laboratoriais dá com a cara na porta.
Os exames estão suspensos porque o governo deu calote na empresa terceirizada que administra o laboratório. O calote vem desde o ano passado. A empresa não recebeu pelos serviços prestados em novembro e dezembro de 2014, ainda no governo de Camilo Capiberibe (PSB). Este ano, já no governo Waldez Góes (PDT), a empresa está há três meses sem receber.
São mais de 50 mil exames realizados mensalmente.

  • Nas décadas passadas, fazíamos os exames no próprio hospital e tinha pessoal qualificado, material e aparelhos. E tudo isso ficava no próprio hospital. Resolveram terceirizar, pagam mais caro e ainda atrasam o pagamento deixando o povo à mercê do “falta tudo”. Ou se respeita a coisa pública e a vida humana ou se privatiza de uma vez.

  • Pão e circo! Tem gente que prefere morrer na fila do show sertanojo da Expo feira a preço de ouro do que ter o seu exame de sangue garantido lá no hospital. Cada povo tem o governante que merece.

  • Em entrevista o secretario de Planejamento disse que existem critérios para os pagamentos das despesas do governo. Que diabo de critério é esse que deixa a população sem os serviços de exame de sangue, o que pode contribuir com a perda de uma vida, e ao mesmo tempo o governo anunciar que Expofeira terá padrão das grandes feiras do Brasil. Ano passado não teve a Expofeira e o povo não sentiu nenhum pouquinho de falta, agora do exame de sangue o povo está sentindo , e muito
    Esse é um governo sem o menor compromisso social.

  • Onde estão os Deuses que criticavam e diziam ter a solução para resolver os problemas da saúde do Amapá.
    E o povo acreditou.

  • Meu Deus do céu, paga os caras mermão. Mais será o diabo. Tá caindo na mermisse!!!! Não dá pra aceitar. Não dá pra aceitar!!! Droga, tá todo mundo reclamando, principalmente as empresas de engenharia que o governo não paga. Paaaaaaara com isso, faz o teu governo diferente,
    Paga os caras, afinal eles não tem culpa de nada. Não interessa qual governo que iniciou a obra/serviços. O certo, o correto ééééééé pagar os caras brother!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *