É o fim do mundo – Rapidinho rapidinho homem estuprava suas 5 filhas menores

casa
A casa onde ele mora e estuprava as filhas (Foto: Polícia Civil)

Agricultor de 49 anos  foi preso ontem em Oipoaque acusado de estuprar suas cinco filhas indígenas, de 5, 6, 10, 12 e 14 anos de idade. Hoje, em entrevista a TV Amapá ele teve a cara de pau de dizer que considerava tudo normal e que o ato que praticava com as meninas “era rapidinho, rapidinho, não fazia mal”.
Além desse crime, ele também submetia as filhas a trabalhos forçados na roça que ele mantem.
Separado da mulher, uma índia karipuna, Raimundo de Almeida, ficou com os filhos (cinco meninas e três meninos). Morava com eles numa casa paupérrima praticamente dentro do mato, em condições sub-humanas.

Raimundo de Almeida será recambiado para o presídio em Macapá e vai responder por vários crimes, entre os quais  estupro, maus tratos e porte ilegal de arma de fogo (com ele foram apreendidas duas espingardas).

As crianças, acompanhadas por uma psicóloga e membros do Conselho Tutelar, foram levadas para a casa da mãe.

Sobre esse caso tem matérias completas  aqui e aqui  assinadas pelo repórter John Pacheco.

  • Acompanhei a matéria nas redes sociais e no Jornal do Amapá, fiquei horrorizado com a frieza com que esse pai tratou o caso. Uma coisa causa preocupacão. Será se essas crianças estarão seguras na companhia da mãe? Por que essa mãe nao cuidava dos filhos? Lembrem-se, ela é índia.

    • Olha não é por ser ÍNDIA que ela não sabe cuidar dos filhos dela. Não sabemos por que essas crianças estavam com o pai, mas o seu comentário final “Lembrem-se, ela é Índia ” é carregado… posso dizer que pingue preconceito dele. Por favor, buscar estuda e ler antes de falar asneiras na Internet por que as índias cuidam de seus filhos sem ter que submete-los a idas a médidos, biotônicos, comida industrializada nem nada. A anos atrás eram ÍNDIOS que habitavam essas terras e se estão ainda aqui, com certeza não foi por medicamentos nem fast food, nem aparelhos eletrônicos ou formação que eles sobreviveram. Hoje em dia tem sim mto índio saindo para estudar e se formando. Isso não é problema algum por que são gente como nós. Eles ainda tem mais conhecimento pois muitos aprendem nossa língua e preservam a deles. Os conhecimentos de ervas medicinais e formas de trabalho e sobrevivência das índias é um rico mundo novo pouco explorado pelo “homem Branco ” então por favor, mais respeito aos Índios querido.
      Eles podem pensar da mesma forma que você, alienando seus filhos na frente de uma televisão com novela, futebol e notícias manipuladas e dando de alimento sardinha, almôndegas, suco de caixinha e refrigerantes.
      “Lembrem-se. Ele é Branco”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *