Embrapa amplia período de teletrabalho e revezamento

Com base no monitoramento de plataformas oficiais de análise da pandemia do coronavírus no Brasil e no acompanhamento da situação na Empresa, a Diretoria-Executiva da Embrapa decidiu prorrogar o prazo de teletrabalho de empregados até 15 de janeiro de 2021.

Com esta medida, continuam suspensas as atividades presenciais no centro de pesquisa, incluindo eventos dirigidos aos públicos externos como cursos, oficinas e similares. Também continua suspensa a participação presencial da Embrapa em feiras e exposições. Parte desta programação vem sendo realizada por meios digitais, em forma de webinar e lives nos canais corporativos da empresa e parceiros.

Com relação aos empregados que cumprem escalas de revezamento, para manter experimentos e outros serviços essenciais, a prorrogação vai até 31 de dezembro de 2020.  A alteração na rotina de trabalho inclui as medidas que evitam aglomeração no centro de pesquisa, além da norma do uso regular de máscaras, luvas e álcool em gel e o hábito de lavar as mãos com água e sabão para evitar um possível contágio.

(Dulcivânia Freitas/Embrapa-AP)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *