Energia – Uma nova linha de transmissão para Pedra Branca e Serra do Navio

Em Macapá nesta sexta-feira (31), o presidente do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre (Democratas-AP), iniciou as tratativas para a construção de uma nova linha de transmissão de energia elétrica para os municípios de Pedra Branca e Serra do Navio, região centro-oeste do Amapá.
Em reunião virtual, no Palácio Setentrião, com a participação do governador Waldez Góes; do diretor de gestão da Companhia Energética do Amapá (CEA), Arnaldo Santos; do diretor administrativo da empresa Ferreira Gomes Energia, João Eduardo Greco Pinheiro; do diretor de operações da Beadell Brasil, Fábio Marques; engenheiros, consultores e técnicos do setor elétrico privado, Davi afirmou que vai buscar parcerias com o governo federal e também com o setor público-privado para esse cooperação.

“Sabemos que a companhia distribuidora de energia elétrica estadual não tem condições para construir novas linhas no Estado, e sabemos também que o setor privado tem condições e investe nas riquezas do Amapá. Então não tem por que não unirmos forças, poder público e privado, trabalhando para melhorar a infraestrutura de distribuição e geração de energia aos agricultores e produtores desses dois municípios, que tanto sofrem sem energia de qualidade, e, ao mesmo tempo, incentivarmos o desenvolvimento socioeconômico, sobretudo no potencial mineral e agrícola da região”, destacou Alcolumbre.

Em uma próxima reunião, marcada para setembro, o governo do Estado já deve apresentar o primeiro estudo técnico, com os investimentos necessários para a realização da obra.

Durante o encontro desta sexta, o atual presidente do Senado Federal destacou que, no retorno a Brasília, vai dar prosseguimento às demandas junto ao governo federal para a liberação dos recursos. Davi também adiantou que investimentos para construção de uma linha elétrica para o município de Oiapoque está no radar.

“Vamos resolver de uma vez por todas esse problema das linhas de transmissão, conciliando as prioridades. O linhão para o Oiapoque eu já estou tratando com o governo federal, que deve assumir toda a obra. Mas é por isso que nos reunimos hoje, para buscar parcerias, acharmos uma equação que traga progresso e desenvolva o nosso Estado neste período pós pandemia”, disse Davi.

(Assessoria de Imprensa/Davi Alcolumbre)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *