Engenheiro desaparecido – Polícia diz que não divulga o laudo para não atrapalhar investigações

O desaparecimento do engenheiro e professor Sérgio Almeida, de 41 anos, está sob investigação do Núcleo de Operações e Inteligência (NOI) da Polícia Civil. De acordo com o delegado Sidney Leite, que está à frente das investigações, o caso é delicado e ainda estão sendo feitos todos os levantamentos a respeito do assunto.

“Não podemos falar muita coisa agora; as investigações estão em andamento e qualquer divulgação sobre o fato pode atrapalhar nosso trabalho”, disse Leite.

Sérgio está desaparecido desde a tarde do último domingo, 1º, depois que saiu de um aniversário na casa de amigos no bairro Renascer, Zona Norte de Macapá.

O carro do engenheiro foi encontrado na tarde de segunda-feira, 2, em uma área próximo a uma antiga casa de shows, no bairro Ipê, com manchas de sangue no interior do veículo. A Polícia Técnico-científica (Politec) foi acionada e realizou uma parte da perícia ainda no local e outra parte no laboratório da instituição. O laudo com resultado dos peritos não pôde ser divulgado para não atrapalhar as investigações.

(Secom/GEA)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *