Entre aspas

“Você percebe um grande número de pessoas que ainda insistem em burlar o decreto de restrições. Ainda insistem em não tomar os cuidados necessários como o uso de máscara e o distanciamento. Os indicadores da pandemia continuam subindo e essa massa de pessoas continua indo a balneários como se nada estivesse acontecendo” 
(Roberto Malcher, chefe da Vigilância Sanitária da SVS)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.