Estudantes trocam a arma do conhecimento por armas que matam

armas

Na mochila, em vez de cadernos e lápis, há facas e terçados. É com essas armas – e até com revólveres – que alguns estudantes vão para a escola.
As facas e o terçado que você vê na foto acima, além de um simulacro de arma de fogo,  foram apreendidos pelo Batalhão de Policiamento Escolar, da Polícia Militar, no último sábado nas escolas Deusolina Sales Farias, Maria Ivone de Menezes, Mario  Andreazza e  Edgar Lino. Os adolescentes, que trocaram os lápis por armas, foram apreendidos e levados para a Delegacia Especializada em Investigações de Atos Infracionais.

Para combater a violência e o uso de drogas dentro dos estabelecimentos de ensino, o Batalhão de Policiamento Escolar vem fazendo operações de varreduras nas escolas desde o inicio do ano. De lá pra cá já foram apreendidas cerca de 50 facas, dois revólveres e uma quantia considerável de drogas.
A maioria dos estudantes flagrados com armas é menor de idade. Desde cedo trocam a arma do conhecimento (livros e cadernos) por armas que matam; trocam o lápis que risca o papel pela faca que risca o corpo do desafeto.
Triste!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *