Falta tudo na maternidade Mãe Luzia

Falta tudo, ou quase tudo na Maternidade Mãe Luzia. Fazendo inspeção naquele hospital a promotora de saúde Fábia Nilci constatou que faltam medicamentos essenciais, como Adalat e Metildopa – que utilizados para hipertensão;   Cardiotocógrafo, aparelho indicado para monitoramento da gestação;  respiradores e aparelhos de raio-x.
Além disso a chamada sala vermelha ( uma espécie de semi-intensiva) não tem qualquer material, sequer porta, tendo apenas uma cortina para vedação do vão de acesso, sem proporcionar privacidade às pacientes durante o atendimento.
Na recepção – sempre superlotada – cadeiras servem de leito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *