Governo do Amapá admite: corpo de bebê foi incinerado

O secretário estadual do Planejamento e adjunto da Secretaria de Saúde, Antônio Telles Junior, confirmou agora à noite ao blog que o corpo da bebê Eloany foi incinerado. “Colocaram o corpo no lugar errado, foi feito um procedimento errado. Em vez de colocarem o corpo na câmara fria colocaram em outro lugar. E isso é crime”, disse ele.
Teles disse que ontem mesmo quando foi detectado o “sumiço” do corpo, imediatamente as investigações começaram. “Os diretores dos hospitais foram rápidos na investigação”, afirmou. “Só não divulgamos o fato antes para que evitar que os envolvidos ocultassem as provas”
Um relatório preliminar foi feito e  encaminhado para a Polícia Civil para instaurar inquérito policial para identificar criminalmente o autor ou autores do crime.

De acordo com Telles Junior, a mãe da bebê, a adolescente Bruna, 14 anos, já está sendo assistida pela Secretaria de Inclusão e Mobilização Social (SIMS).

Ele garantiu que os criminosos  não ficarão impunes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *