Há 13 anos – Índios em pé de guerra

Armados de flechas e arpões, cerca de 150 índios karipunas e waiãpi ocuparam a sede da Funasa em Macapá no dia 27 de outubro de 2007, exigindo o repasse de R$ 1,5 milhão para a Apitu, conforme convênio assinado entre Apitu e Funasa em março de 2006 para ações básicas de saúde nas aldeias.

O cacique Ramon Karipuna acusou a Funasa de não ter responsabilidade com a saúde do índio. “Eles querem nos matar”, disse. Ele reclamou que sem essa verba, os índios estavam sem combustível, remédios e alimentação, entre outras coisas. Segundo ele, os índios estavam morrendo por falta de atendimento médico e de remédios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *