Já pensou?

Se em novo decreto o governador Waldez Góes e o prefeito Antônio Furlan proibissem a venda de camarão no bafo, açaí, farinha baguda e pirapitinga sem espinha assada de brasa para os não vacinados?
Ia ser uma correria atrás de vacina. Né não?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.