Macapá sem água

Sem produtos químicos para o tratamento de água, a Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa) teve que reduzir para 30% sua produção  em toda a cidade.
No bairro Central desde cedo não cai uma gota de água nas torneiras.
O presidente da Caesa, engenheiro Rui Smith, diz que os produtos químicos necessários para a  Caesa  operar 100% chegam amanhã e que o abastecimento será normalizado na noite de domingo ou até segunda-feira de manhã.

Um dos produtos  em falta é o sulfato de alumínio. De acordo com Smith, a Caesa consome 4,5 toneladas de sulfato de alumínio por dia. A empresa fornecedora  atrasou a entrega e o mercado local não atende a demanda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *