Naufrágio – Recomeçam as buscas

Ribeirinhos ajudam nas buscas

Recomeçaram as buscas pelos desaparecidos no naufrágio ocorrido na madrugada de sábado no sul do Amapá.
No Centro de Apoio e Acolhimento montado pelo Governo no quartel do Corpo de Bombeiros em Santana,  assistentes sociais, psicólogos e enfermeiros prestam assistência aos familiares das vítimas. É para lá que a Defesa Civil e a Secretaria de Estado de Inclusão e Mobilização Social (Sims) pedem que  familiares  dos desaparecidos levem informações  (fotos, idade, características físicas) que ajudem na identificação das vítimas. Ontem  o Centro atendeu 23 famílias que relataram o desaparecimento de parentes que estavam na embarcação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *