No Amapá beneficiários do programa “Renda para viver melhor” estão há 7 meses sem receber

Beneficiários do programa Renda para Viver Melhor estiveram no Ministério Público na manhã de hoje denunciando que estão há sete meses sem receber.  . “Estamos passando por várias dificuldades, porque contamos com este recurso para manter nossa família. Já procuramos os órgãos do governo, mas não obtivemos nenhuma resposta, por isso procuramos o MP”, disse uma beneficiária.

A reunião, realizada no auditório da Procuradoria-Geral do MP, contou com a participação do procurador-geral de Justiça em exercício, Márcio Augusto Alves, da promotora de Justiça Ivana Cei, diretora-geral do MP-AP. do vereador de Macapá, Washington Picanço, e do secretário adjunto da Fazenda Estadual, Welington Campos.

A promotora de Justiça Ivana Cei destacou que irá acionar outras promotorias, assim como o Projeto MP Comunitário, para buscar alternativas de solucionar o problema. “Ouviremos todas as reivindicações e vamos nos associar para discutir junto com o Estado o pagamento do benefício que está atrasado. O Ministério Público do Amapá está à disposição e, por intermédio da nossa Procuradoria-Geral, vamos sim tomar as posições que devemos tomar”, concluiu.

Ficou acertado que o MP-AP irá mediar um encontro entre uma comissão, formada por 10 representantes dos beneficiários, com o Governo do Estado, para uma negociação de pagamento.

(Com informações da Asscom/MPE)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *