Operação de reflutuação do navio Anna Karoline III começa quarta-feira

O comboio com a estrutura que vai realizar o serviço de reflutuação do navio Anna Karoline III partiu nesta segunda-feira, 16, de Bélem (PA) com destino ao local do naufrágio, no sul do Amapá.

O serviço foi contratado pelo Governo do Amapá em virtude da omissão dos proprietários da embarcação, a quem cabe a retirada do barco. O custo da operação é de R$ 2,4 milhões. O Estado irá pedir na Justiça o ressarcimento do valor.

Os trabalhos para a reflutuação estão previstos de iniciarem na quarta-feira, 18, data em as equipes chegam ao local.

A estrutura para a força-tarefa é composta por embarcações e equipamentos como guindastes, flutuadores e equipamentos de mergulho. Há cerca de 30 trabalhadores envolvidos no processo.

A tarefa de retirar da embarcação do fundo do rio tem como objetivo também tentar localizar mais vítimas dentro dos compartimentos. O plano de ação abrange várias etapas de segurança, como cuidados ambientais.

Ao fim da reflutuação, uma equipe da Companhia de Operações Especiais (COE) da Polícia Militar (PM/AP) cuidará da segurança da embarcação. Por fim, o navio seguirá até um estaleiro em Santarém, no Pará.

(Fonte: Secom/GEA)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *