Operação Pedágio – PF prende o atual e o ex-diretor do Dnit no Amapá

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (27/6) a Operação Pedágio para desarticular organização criminosa que pratica corrupção em obras de rodovias executadas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT/AP) no estado do Amapá.
Na ação, decorrente de trabalho em conjunto com o Ministério Público Federal, 28 policiais federais dão cumprimento a dois mandados de prisão preventiva e sete mandados de busca e apreensão em Macapá/AP, além do bloqueio judicial de R$ 22 milhões em patrimônio dos investigados.
Os mandados de prisão são contra  o superintendente do DNIT/AP Odinaldo de Jesus Oliveira e o ex-superintendente Fábio Vilarinho.
Segundo as investigações, os servidores responsáveis pela direção DNIT/AP cobravam propina de empresários para agilizar a liberação de pagamentos e atestar a regularidade das obras relacionadas a contratos de manutenção de estradas não pavimentadas no estado do Amapá.
Apurou-se que, pelo esquema, que ocorre desde de 2015, os referidos servidores cobravam de 3% a 5% do valor das faturas para realizar a liquidação das mesmas, bem como que havia a cobrança de cerca de 1% do valor de todas faturas para atestar a regularidade das obras, mesmo que sem a efetiva fiscalização do Órgão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *