Operação Stone – PF prende duas pessoas no Amapá

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (19/11) a terceira fase da Operação Stone, que visa coibir o comércio ilegal de armas e munições no estado do Amapá.
Cerca de 40 Policiais Federais dão cumprimento a dois mandados de prisão preventiva e oito mandados de busca e apreensão, nos municípios de Macapá/AP, Santana/AP e Serra do Navio/AP.

Na capital, as ações concentram-se nos bairros do Laguinho, Renascer, Infraero e Araxá.
A investigação visa desarticular o grupo criminoso que atua na comercialização de armas de fogo de grosso calibre nesta capital, utilizando-se de redes sociais para oferecimento dos armamentos e munições.
A ação é um desdobramento das operações deflagradas no ano de 2018, quando foram cumpridos mandados de busca e foram apreendidas armas, drogas, balança de precisão e apetrechos para o tráfico.
Os investigados poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo de uso restrito, comércio de arma de fogo e associação criminosa. Se condenados, poderão cumprir pena de até 17 anos de reclusão.

(Ascom/PF-AP)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.