PEC da Maldade – Se passar, coitados dos servidores

Na sessão de hoje da Assembleia Legislativa do Amapá foi feita a primeira leitura da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do governo que muda a data de pagamento do funcionalismo, a PEC dos Salários também chamada de PEC da Maldade e PEC MalWALDEZa.

Ela será lida ainda em duas sessões e depois irá para a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR). Para ser aprovado o relatório da CCJR terá que ter o voto favorável de 15 dos 24 deputados estaduais. O que não é difícil para o governo que tem a maioria da Assembleia.

Pela Constituição em vigor, o pagamento dos servidores estaduais  deve ser feito até o quinto dia útil do mês, se aprovada a PEC da Maldade, os salários dos servidores estaduais passarão a ser pagos no oitavo dia útil do mês, isto quer dizer que em setembro, por exemplo, o pagamento sairá depois dos feriados de setembro: dia 14. Em outubro sairá depois do Círio: dia 12. Aí vai faltar dinheiro para o pato no tucupi e maniçoba do tradicional almoço do Círio.

Veja quando sairá o pagamento nos demais meses:
Junho – dia 10
Julho – dia 12
Agosto – dia 10
Novembro – dia 11
Dezembro – dia 12

O problema é que a maioria das contas dos servidores (luz, água, telefone, cartão de crédito etc etc) vence antes do dia 10.

  • Os eleitores do governador devem estar felizes e radiantes com a iniciativa. Parabéns e na próxima eleição deem asas aos candidatos apoiados por ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *