Pescadores venezuelanos detidos no Amapá passam por avaliação de saúde

Na manhã desta quarta-feira, 14, uma equipe formada por técnicos da Superintendência Vigilância em Saúde (SVS), Secretaria de Inclusão e Mobilização Social (SIMS) e Corpo de Bombeiros Militar, esteve no porto da Marinha, em Santana, para  uma ação de saúde tendo como alvo os tripulantes de uma embarcação venezuelana que está retida no Amapá desde o dia 20 de março, por estar pescando clandestinamente na costa brasileira.

Os 16 tripulantes da embarcação, cujo nome é Don Jacinto, passaram por avaliação médica, fizeram testes de covid-19, e foram entrevistados sobre a situação em que estão vivendo. Eles receberam assistência humanitária com doação de cestas básicas através da SIMS.

“De modo geral a tripulação se encontra em bom estado de saúde. Alguns deles precisam de medicamentos por conta de comorbidades”, informou o chefe do Centro de Informações Estratégicas em Saúde da SVS, Solange Costa.

Os pescadores já estão há mais de 20 dias no Amapá por terem sido flagrados praticando atividade pesqueira ilegal no litoral do Estado. Eles aguardam a liberação da embarcação através de negociações entre os governos brasileiro e venezuelano.

(Fonte: Secom/GEA)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *