PF combate exploração ilegal de madeira

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (6/2) a operação Traquinagem*, buscando desarticular uma organização criminosa especializada na exploração ilegal de madeira, em Macapá/AP.
A ação foi desencadeada por um trabalho em conjunto com Ministério Público Federal que resultou no cumprimento de três mandados de busca e apreensão na cidade de Macapá/AP.

Durante as investigações, constatou-se que os autores, empresários do ramo de serraria e agentes públicos, criaram um esquema fraudulento de emissão do Documentode Origem Florestal (DOF), que permitia a criação de créditos madeireiros fictícios, para “esquentar”madeira de origem ilegal.

Os investigados poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de falsidade ideológica, organização criminosa, corrupção ativa, lavagem de dinheiro, advocacia administrativa e desmatamento ilegal.

*O nome da Operação faz referência ao codinomede um dos envolvidos nas ações criminosas

  • A coisa tá feia e aos olhos do poder público. A bandidagem desenfreada coloca em risco a nossa flora e fauna. Essa invenção de manejo florestal é uma farsa impiedosa e os madeireiros inescrupulosos; que já são conhecidos e identificados; incidentes e reincidentes; articulam à céu aberto. Agentes públicos que deveriam zelar pelo bem público; tão pouco se lixam para o que está acontecendo ou vai acontecer e a máquina da propina é o veículo que corre e adentra nas largas estradas da impunidade; fazem porque têm a garantia de que; se forem presos, são tratados até de excelência e ainda recebem gordos salários como parlamentares. O Brasil caminha; destruindo o “gigante pela própria natureza”!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *