PF deflagra Operação Carburante II em Macapá – R$ 1 milhão para combate à pandemia foi desviado

A Polícia Federal, em conjunto com o Ministério Público Federal (MPF), deflagrou na manhã desta quintafeira (11), a Operação Carburante II*, com o cumprimento de três mandados de busca e apreensão no bairros: Universidade, Boné Azul e Buritizal, em investigação que apura um esquema que desviou aproximadamente R$ 1 milhão em recursos federais destinados ao combate à pandemia do COVID19 na capital amapaense, para ações de vigilância.
A primeira fase da investigação foi deflagrada em 15 de dezembro de 2021, quando foram cumpridos cinco mandados de busca e três prisões temporárias, em desfavor de dois servidores da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA) e de um empresário.

A investigação:
As investigações começaram após denúncia recebida pela PF, que verificou que agentes públicos (ocupantes de cargos comissionados) lotados na Secretaria Municipal de Saúde do município, se associaram para desviar valores, por meio de fraudes em abastecimento de veículos, em lançamentos de diárias, que são valores pagos ao servidor quando ele viaja no interesse do serviço, além de gastos com compra de água e alimentação.

Após a deflagração da primeira fase (em dezembro do ano passado) , a PF identificou fortes indícios que confirmam o abastecimento de carros particulares, bem como encontrou novos fatos conexos, como pagamentos de valores a título de vantagens indevidas à servidora pública e lavagem de dinheiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.