Todos contra o Aedes aegypti

 

mosquito1

Uma grande campanha interna com veiculação de vídeos no WhatsApp, peças publicitárias na internet e spots no rádio foi lançada  pela Justiça do Amapá. O objetivo da ação do Judiciário é alcançar os mais de dois mil servidores, colaboradores e magistrados.
sueli“Nós temos que começar esse trabalho dentro de casa. Com mais de dois mil servidores, colaboradores e magistrados, podemos alcançar seguramente em torno de cinco a seis mil pessoas, e além de colaborarmos com a campanha externa que o Estado e municípios estão fazendo, vamos aprimorar também a nossa campanha interna. Pedimos o empenho de todos que atuam na Justiça para que mantenham os seus quintais limpos e que ajudem na disseminação das informações de combate ao mosquito transmissor da dengue e de outras doenças”, disse a desembargadora Sueli Pini, presidente do  Tribunal de Justiça do Amapá.

O Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) aderiu nesta segunda-feira (11) à Campanha de Combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor  da dengue, chikungunya e zika vírus.
O presidente do TRE, desembargador Carlos Tork,  disse que por conta do período chuvoso  é preciso redobrar os torkcuidados para combater o mosquito. Além disso, Tork ressaltou a importância de intensificar o alerta à população. “Esse problema é de todos nós, mas para evitar que uma epidemia ocorra é preciso que a sociedade se conscientize sobre a importância de manter o quintal da casa limpo, fato esse que reduz bastante as chances do nascimento, crescimento e desenvolvimento da larva. Portanto, cada cidadão precisa fazer o seu papel e prevenir a proliferação do mosquito. Desta forma, evitaremos epidemias de dengue, chikungunya e do zika vírus”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *