Vai negociar pela Internet? Cuidado com os estelionatários

A Polícia Civil do Estado do Amapá, por meio da 6ª Delegacia de Polícia da capital, indiciou  hoje o Adriano Lima de Paiva, de 28 anos de idade, pelo crime de estelionato.

Ao todo quatro Inquéritos Policiais foram instaurados para investigar o fato.

Conforme apurado nas investigações, Adriano negociava a compra de eletroeletrônicos em uma plataforma de vendas na internet (OLX) e ao entrar em contato com as vítimas por meio de um aplicativo de mensagens instantâneas, fazia-se passar por um advogado criminalista de Macapá.

Após negociar o valor do produto,  encaminhava ao celular das vítimas um comprovante de transferência bancária falso, recebendo em troca o objeto que estava sendo vendido.

De acordo com as investigações, o envio do comprovante falso e a entrega dos objetos era feita de forma quase simultânea e ocorria na via pública.

Circuito de imagens de um estabelecimento comercial mostra o momento em que ele recebe da vítima um eletroeletrônico, instante depois de ter enviado a ela o comprovante de transferência bancário falso.

As vítimas compareceram à 6ª Delegacia de Polícia e reconheceram Adriano como sendo o autor do crime.

Segundo apurado, o dano patrimonial pode ultrapassar o valor de R$ 10.000,00 (dez mil) reais.

Conforme destacou o delegado de Polícia Leandro Leite, que coordenou as investigações, “é importante que as pessoas observem que em transações por meio de plataformas eletrônicas de compra e venda, deve-se verificar a efetiva compensação bancária do valor acordado, só devendo entregar ao comprador o produto quando tiver a certeza que o dinheiro está efetivamente disponível em sua conta, passível de saque”.

Adriano foi indiciado em quatro Inquéritos Policiais e outras investigações estão em curso para identificar eventuais co-autores do crime.

A pena para o crime de estelionato é de 01 a 05 anos de reclusão e multa.

(Fonte: Polícia Civil)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *