Vândalos destroem a tradicional escola Barão do Rio Branco

 

Inauguração da escola Barão do Rio Branco em 1948
Inauguração da escola Barão do Rio Branco em 1948

Fechada desde 2014 para uma reforma que até hoje não começou, a escola estadual Barão do Rio Branco foi alvo de vandalismo.
Praticamente abandonada pelo poder público, sem vigilantes e sem seguranças, o prédio se tornou um atrativo para os vândalos que arrancaram portas, quebraram janelas, destruíram lousas, mesas e carteiras, rasgaram livros e quebraram em pedacinhos o busto do Barão do Rio Branco – um crime contra a arte, cultura e história.

O busto agora só existe em fotografia (Foto: Alcinéa)
O busto agora só existe em fotografia (Foto: Alcinéa)

E o governo, como sempre, fazendo cara de paisagem. Não dá mais para aceitar que o poder público se mantenha de braços cruzados diante do que vem acontecendo nas escolas desde agosto, quando foram encerrados os contratos do governo com as empresas de vigilância. São assaltos, furtos e roubos diariamente e agora a destruição de prédios escolares.
É um absurdo o que está acontecendo. Já passou da hora do governo descruzar os braços e dar um basta nessa situação. Já passou da hora também da polícia investigar, ou mostrar que está investigando, para chegar aos ladrões, assaltantes, vândalos, bandidos que estão promovendo este clima de terror.

barao1
(Foto: Alcinéa Cavalcante/Arquivo 2010)

A escola Barão do Rio Branco é uma das mais tradicionais do Amapá. Foi fundada em 1946, três anos após a criação do Território do Amapá. Por dois anos funcionou em prédio alugado. Em 1948 foi inaugurado seu prédio próprio e é um dos raros  prédios antigos que mantem a arquitetura original.

  • Triste fim de uma legenda na educação do Amapá. Quem de nós, hoje sessentões, não recebemos conhecimentos aí? Tomara que a postagem envergonhe as pessoas que decidem e os façam tomar providências para a recuperação.
    A propósito, acho que conheço o cidadão da foto, aliás, ele está bem na foto.
    Sds,

  • Alcinea pensei que vc fosse uma pessoa justa. Por quê vc exclui minhas opiniões? Vc é amiguinha desses políticos da situação? Recebe algum benefício deles? (…)

  • Não existe desejo e, por consequência, a menor vontade deste governo em dar prioridade pro que realmente precisa: saúde, educação e segurança. A saúde está “doente”, entregue aos heróis médicos e enfermeiros que quase sempre não tem boas condições de trabalho: falta tudo, incluindo luvas, esparadrapo, soro antiofídico etc. A educação sobrevive graças aos valentes professores que veem seus alunos “estudarem” em escolas úmidas, fétidas, sem acomodações e materiais de apoio que motivassem seus alunos a irem pra escola realmente estudar. Quanto à segurança este governo recebeu medalha de outo. A retirada da segurança das escolas, já em precárias condições, e a consequente dilapidação do patrimônio público merecia do MP cobranças consistentes, mas até agora…..

  • É lamentavel. Seja pela história do velho Barão, seja pela demanda por espaço para o ensino. O que pretende o governo? Deixar o prédio cair para construir uma NOVA ESCOLA? Égua, não!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *