A grande, doce e animada família do Mel

ozeias2A família é enorme – e muito divertida. Para reunir todos ou quase todos só mesmo fazendo um encontro anual. Há cinco anos, a família reúne num domingo de agosto e a alegria toma conta da parentada com beijos, abraços, esporte, música, muita comida e histórias. Muitas histórias.
É assim a conhecida família Caiana, que tem como chefe Manoel Alexandre Ramos de Souza,69 anos, o “seu” Alexandre (Foto abaixo). Homem muito querido, hospitaleiro, religioso e respeitado.

ozeias1A festa é na comunidade quilombola do Mel da Pedreira, a 30km de Macapá. O V Encontro aconteceu domingo passado, dia 2.

A comunidade foi fundada em  1954 pelo  casal Antônio Bráulio de Souza e Auta Augusta Ramos de Souza, oriundos das comunidades de Ambé e Campineiro, respectivamente. Foi reconhecida como quilombola em 2005 pela Fundação Cultural Palmares.
A professora Estefania Cabral, neta de Antônio e Auta,  conta que o casal  teve oito  filhos – um dos quais “seu”Alexandre –  que geraram 85 netos, mais de duzentos bisnetos e mais de cinquenta tataranetos. “Uma parte da família mora na comunidade e vive  da agricultura familiar e criação de animais. A outra parte mora na cidade de Macapá, em sua maioria”, diz Estefania.

ozeias4“É muita gente, alguns nem se conheciam, por isso decidimos fazer esses encontros”, diz Ozéias Cabral. Ele e Estefânia são filhos do “seu Alexandre”, o morador mais antigo do lugar, que conhece aquelas terras como a palma da mão.

ozeias5Para o encontro é formada uma comissão organizadora com membros dos oito núcleos familiares. Tudo é pensado e organizado com detalhes para agradar a todos, afinal é gente de todas as idades e profissões.
Da programação constam o cerimonial de abertura, quando “seu Alexandre” conta um pouco da história da família; apresentação artístico-cultural, inclusive show  especial do famoso parente  Zé Miguel; almoço, que eles chamam de “encontro de comida”, pois cada um leva um prato;  recreação e jogos.
A festa começa de manhã cedo e só termina quando a Lua dá o ar de sua graça. Todos se despedem com beijos, abraços e a promessa de estarem  juntos e felizes novamente no próximo agosto.

ozeias3Conta-me o  Ozéias que o lugar recebeu o nome de “Mel” porque quando seus avós chegaram ali e começaram a roçar uma área  para iniciar a plantação  encontraram muitos favos de mel.

  • Fico muito agradecida por fazer parte dessa família muito linda amada.
    Sou nora do seu Alexandre esse encontro foi muito abençoado por Deus.

  • Adorei a reportagem de grande relevância família de mais adorável o qual já até me sinto parte, queria aqui só deixa um Grande abraço aos meus amigos e parente o qual fiz lá…

  • Ha 3 anos atrás quando meu marido na época namorado me convidou para o evento, fiquei maravilhada com tanta alegria, e fui muito bem recepcionada com abraços carinhosos e palavras doces, e como membro dessa família só tenho a agradecer a Deus por ter me dado uma família doce e alegre.

  • essa é a grande família que vem do coração de DEUS… assim somos felizes apaixonados uns pelos outros, e olha, por mais que pareça mentira essa família só aumenta a cada ano. Beijão no coração de todos.

  • Alcinea e sua sensibilidade de sempre nos presentear com belas reportagens, parabéns minha amiga pela matéria e parabéns tb a esta família abençoada, bom ver nessa foto o velho amigo Alexandre, quanto tempo, homem de Deus.

  • Dia fantástico!
    A familia Ramos de Souza é alegre e amorosa… Adorei passar esse momento junto de minha esposa, a professora Estefania Cabral, meus filhos e meu neto.

  • EXCELENTE REPORTAGEM E COMO FOI MARAVILHOSO PASSAR ESSE MOMENTO QUE É TÃO AGUARDADO PELA NOSSA FAMÍLIA, ME ORGULHO DE SER BISNETA DOS SAUDOSOS CAIANA E AUTA RAMOS, ALÉM DE NETA DO SEU ALEXANDRE.
    ANO QUE VEM TEM MAIS SE DEUS QUISER!

  • 02/08/1968… meu niver de 47 anos e posso afirmar que foi um dos dias mais lindos da minha, pois minha namorada vem desse quilombo extraordinário. Fui convidado para o evento e pude ver a força da união e a verdadeira forca da fé em Deus.

  • Gostei muito da reportagem. Sou de lá da Comunidade e esse evento é muito importante para unir a nossa grande família além de rever os parentes distantes. Parabéns pela belíssima reportagem.

    • Sou a filha primogenita do seu Alexandre, neta de Caiana e Auta, sinto-me orgulhosa em fazer parte
      dessa extensa familia. A cada ano procuramos melhorar ainda mais esse momento de alegria e descontração que é dedicado a todos nós.
      Parabéns Alcinea pela reportagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *