Adeus, Gilson Rocha

Aos 69 anos de idade morreu nesta madrugada o médico, desportista e carnavalesco Gilson Rocha, após cerca de um mês internado com problemas decorrentes de uma pancreatite. Seu corpo está sendo velado na sede do Trem Desportivo Clube e o sepultamento ocorrerá às 17h.
Gilson Rocha foi candidato a governador em 1990 pelo PT, na primeira eleição para o governo do Estado do Amapá. Fez uma campanha alegre, bonita e limpa. Passou para o segundo turno, mas foi derrotado por Anníbal Barcellos (PFL). Foi  secretário de Estado da Saúde, vereador e vice-prefeito e secretário de Estado da Saúde. Um político ficha limpa.
Médico dos mais conceituados, Gilson Rocha fez de seus pacientes seus amigos. Aliás, por onde passava fazia uma multidão de amigos. Foi assim no carnaval e no futebol- duas das suas grandes paixões.
Uma das figuras mais expressivas do carnaval, Gilson Rocha chegou a presidente da maior escola de samba do Amapá: Piratas da Batucada, mas transitava bem nas escolas adversárias e por elas sempre foi recebido com respeito, alegria e confetes e serpentinas.
Desportista, Gilson Rocha era o médico dos atletas. Em campo, corria mais que o centro-avante para atender um jogador que caísse e se machucasse numa disputa de bola. Foi médico da Federação Amapaense de Futebol e de grandes clubes como Ypiranga Clube e Trem Desportivo Clube.
Gilson era alegre, companheiro, amigo, solidário. Era dessas pessoas que todos querem ter como amigos, que faz um bem danado ter por perto.

Vá em paz, meu amigo, siga no caminho da luz, você que foi luz para tantos neste plano. Aqui ficaremos lamentando tua partida, choraremos de saudade, mas também sorriremos lembrando teu alto astral contagiante, as boas conversas, as piadas, os risos e agradeceremos a Deus pelo grande privilégio que tivemos de te ter entre nós e pelas lições de ética, profissionalismo, solidariedade que você nos deixou.

REPERCUSSÃO
Carlos Nilson Costa (Professor, poeta e artista plástico)Gilson Rocha, amigo companheiro de toda uma adolescência preparatória para uma vida brilhante de luta, dígna, de amor ao próximo, de saber a hora chegada e fazer essa hora, de ser muito sério quando era para brincar, pois brincava com a seriedade de um menino, Via na alegria do povo uma forma de respeitar essa alegria, até no carnaval, Tive muito orgulho de ser seu amigo, companheiro e participar em boa parte na preparação da sua , e minha também, cidadania. Vai companheiro, até outro dia. Viva em paz na Glória do Senhor.

Wagner Gomes (Advogado) – Em 1990, nas primeiras eleições gerais, do novo Estado do Amapá, lideramos a oposição e chegamos a disputar o segundo turno. Uma eleição memorável. Gilson, disputava o Governo e Eu, o Senado. Esse pleito ficou para a história. E será assunto em um novo momento. Hoje quero prestar minha singela homenagem, a esse grande cidadão amapaense. Vereador, com um trabalho elogiável, marcou sua presença de modo positivo na Câmara Municipal. Na sua profissão de Médico, ajudou a salvar vidas. Enfim uma vida exemplar:

Helton Jucá (Carnavalesco) – Quanta falta vai fazer meu amigo Gilson, meu par de sapatos brancos, que iluminava com sua alegria, sua garra e sua determinação de campeão do carnaval; quanta falta fará nas tardes de domingo no Zerão um desportista envolvido em amor e garra, e torcendo pelo bem do nosso futebol; quanta falta fará Gilson Rocha, médico de mãos hábeis e que salvou muitas vidas em sua labuta diária.

Germano Tiago, o Tiaguinho (Atleta) – Ele foi um dos maiores responsáveis pelo 1o título profissional do Ypiranga Clube, atuando como médico e diretor do clube.
Se tivesse que dizer uma palavra que pudesse agradecer a tudo o que esse amigo representou a seus amigos, diria; GRATIDÃO, nos deixou o LEGADO do FAZER O BEM, SEM OLHAR A QUEM.

Geandra Bastos (Porta-bandeira) – Você partiu para sempre, mas nos corações dos que amam você, viverá eternamente.

  • Gilson…um ‘faz tudo bem’, com responsabilidade, leveza, e honestidade… Exemplo de amigo, colega, e brasileiro do bem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *