Amapá passa pela pior crise econômica de sua história

Ao discursar em plenário ontem, terça-feira (14), o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) afirmou que o estado do Amapá está passando pela pior crise econômica de sua história. Ele pediu a união de todas as autoridades políticas, empresariais e sociais do estado para que se encontrem saídas para a “situação gravíssima”.
Randolfe disse que, embora a crise econômica venha atingindo todo o país nos últimos anos, o estado do Amapá se configura como o ente federado que mais sofre com a depressão econômica.
Os principais indicadores da situação “cruel e dramática” do Amapá, disse Randolfe, é o grande aumento do desemprego, o fechamento de inúmeros empreendimentos, o crescimento da violência e a retração da economia.
De acordo com Randolfe, o desempenho do comércio varejista no estado recuou de maneira drástica, mais que o restante do país. O setor de serviços também teve queda significativa, de 13,5% em 2016, pior desempenho entre as unidades da federação. Cerca de 800 empreendimentos fecharam as portas nos últimos dois anos, completou Randolfe.
Além disso, alertou o senador, a taxa de desemprego no estado está em 16,8%, acima da média nacional, e 3.687 postos de trabalho formais extintos no ano passado.
(Fonte: Agência Senado)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *