De pedacinho em pedacinho

Adiada por diversas vezes, agora está confirmada para o dia 30 deste mês a inauguração do shopping Amapá Garden. Detalhe: será inaugurado apenas um piso: o de lojas.
Os outros dois pisos, onde funcionarão supermercado, cinemas, praça de alimentação etc serão inaugurados fim do ano.

Macapá tem disso. Se inaugura pedacinho por pedacinho. E tanto faz ser obra pública ou da iniciativa privada. Às vezes, depois de inaugurado o primeiro pedacinho esquece-se de fazer o resto.
Quer um exemplo? O estádio Zerão. Um lado foi inaugurado em 1990 pelo então presidente Fernando Collor, com a presença de Zico e  com grande cobertura da imprensa  nacional. O governador era Gilton Garcia. De lá pra cá já ocuparam a cadeira de governador Anníbal Barcellos, João Capiberibe (dois mandatos), Waldez Góes (dois mandatos) e atualmente Camilo Capiberibe. Já se vão 23 anos e nada de ser construído o outro lado.

Outro exemplo é o sambódromo. Construído um lado no governo de João Capiberibe  e inaugurado em 1997, com a presença de Dominguinhos do Estácio, Dona Zica da Mangueira e Neguinho da Beija-Flor, já se passaram mais de 15 carnavais e o sambódromo  continua bandola.

  • Meus amigos Márcio, M***t e e “RG” conhecem a expressão que criei há uns dez anos anos e uso com frequência: A “SÍNDROME DO PUXADINHO”… (e o maior “puxadinho” que temos é o gautamizado aeroporto do Sarney)

  • Bem lembrado, viadutos, o urbanista tem que ter visão do futuro, fato não observado quando construirão o bandão (zerão), hoje após 23 anos, quem faz o trajeto, Araxá/marco zero, em horário de pico, sabe das dificuldades com o transito. Quanto as inaugurações parciais, vamos incluir o caveirão (aeroporto) salvo engano, inauguraram o estrutura do telhado. Inauguração total só deum banheiro na Cea com direito a banda de música, discurso e o uso em tempo real por um funcionário puxa saco, em tempo, a placa da obra tinha uma área maior que a do banheiro inaugurado.

  • Macapá no “atraso” como sempre.Entra e sai governo e nada muda.Continuo preferindo as lojas à céu aberto,pq além de oferecer melhores preços e opções,não cobram estacionamentos e na maioria das vezes são até melhores que as lojas existentes nesses “cubiculos”, que aqui chamam de shopping.

  • Se não for cumprido integralmente o TAC, principalmente quanto às vias de acesso, o shopping não pode ser inaugurado nem parcialmente. Mas, como em Macapá tudo acontece, vão inaugurar só um pedacinho e o restante só Deus sabe. Igual obra pública.

  • e o pior dessa obra é que ainda estamos no tempo de se fazer rotatórias, onde poderia ser feito viadutos como lá na saida do conj da embrapa, na saida do jardim felicidade, temos exemplos de que essa de rotatória só dá cagada, mas esse é o sistema, fazer o que cidadão? bjao

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *