Diocese pede que todos rezem pelas vítimas do naufrágio e que não soltem fogos no Círio

COMUNICADO

“Um clamor se ouve em Ramá, de lamento, de choro, de amargura. É Raquel que chora os seus filhos e recusa ser consolada, porque eles já não existem”(Jr 31,15)

Neste momento de tristeza, em nome da Diocese de Macapá e da Diretoria do Círio 2013 convidamos a todos a rezar pelas seis vítimas do trágico naufrágio do barco Reis Primeiro acontecido hoje, sábado 12 de outubro de 2013, logo após o Círio Fluvial e manifestamos a nossa solidariedade com as famílias enlutadas.

Entregamos os nossos irmãos e irmãs falecidos à misericórdia do Pai, confirmamos a nossa fé no Senhor Jesus que disse: “Eu sou a ressurreição e a vida” ( Jo 11,25), respondendo com Marta: “Eu creio – nós cremos” (cf. Jo 11,25-26) e repetimos confiantes a oração: “Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores agora e na hora de nossa morte. Amém”

Em sinal de participação e de reflexão, neste momento de sofrimento, pedimos a todos que NÃO SEJAM QUEIMADOS FOGOS durante as Procissões da Trasladação no sábado à noite e durante a Procissão do Círio no domingo 13 de outubro.

 Macapá 12 de outubro de 2013

 Dom Pedro José Conti                              Pe. Lourenço Araújo Filho
Bispo diocesano                                     Diretoria do Círio 2013

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *