Em Macapá excesso de velocidade representa mais de 70% das infrações no trânsito

A Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá (CTMac) identificou que o excesso de velocidade é a principal infração cometida por motoristas na capital, contabilizando 48.346 infrações, o que representa 72% do total de todas as irregularidades registradas. Dados são referentes ao período entre 1º de janeiro e 25 de outubro de 2022.

A falta do uso de cinto de segurança pelo condutor e pelo passageiro, configura a segunda e terceira colocação no ranking de infrações, com 2.671 (4%) e 2.454 (3,7%) registros, respectivamente.

Já no ano passado foi identificado que 3.653 ou 32,7% do total das infrações registradas foram causadas pelo não uso do cinto de segurança pelo motorista; e 2.366 ou 21,2% pela ausência do uso do item pelos passageiros. Estacionamento errado, ao lado de outro veículo, somou 1.501 casos (13,4%).

De acordo com o diretor-presidente da CTMac, Andrey Rêgo, os condutores eram mais imprudentes antes da implantação do sistema de monitoramento de redução da velocidade, que ocorreu em março de 2022. Aos poucos, eles estão se conscientizando sobre o respeito às regras de trânsito.

“Percebemos que o comportamento dos condutores está mudando e isso é satisfatório para a segurança de todos. Continuaremos a trabalhar com as sinalizações e projetos educativos visando avançar ainda mais nesses números”, ressaltou o gestor.

(Secom/PMM)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.