Empresário do Amapá envolvido em extração ilegal de ouro

Polícia Federal, em conjunto com o Ministério Público Federal, deflagrou na manhã desta sexta-feira (23/6) a Operação Ourives, para combater a extração ilegal de ouro no município de Mazagão/AP.
Policias federais cumpriram dois mandados de busca e apreensão e um mandado de condução coercitiva no município de Santana/AP.
As investigações apuram a atuação de empresário do Estado do Amapá que extraia ouro próximo ao Distrito do Cupixi, sem autorização dos órgãos competentes.
O empresário pagava entre R$ 20,00 e R$ 50,00 por dia para funcionários realizarem a lavra do ouro, o que gerou desmatamento na área e poluição do rio Vila Nova.
Apura-se que somente os custos para a recuperação ambiental da área cheguem a R$ 500.000,00. A estimativa não engloba o valor do minério extraído.
O empresário vai responder pelos crimes de usurpação de bem da União, lavra ilegal de minério, desmatamento, poluição e lavagem de dinheiro. Se condenado, poderá pegar até 20 anos de prisão.

(Ascom-DPF/AP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *