Gente imunda

Assim não tem combate. Povo não se educa mesmo. Joga lixo em qualquer lugar, depois reclama e até chora quando a cidade alaga por causa da lixarada que entope os bueiros.
Mas enquanto parte da população não se educar, os alagamentos vão ocorrer sempre que cair uma chuva mais forte.
Ontem mesmo a Prefeitura retirou mais de 170 toneladas de lixo nos bairros Santa Rita e Buritis. É lixo doméstico descartado de forma irregular,  restos de eletrodomésticos, carcaças de máquina de lavar, liquidificador, televisão de tubo,  sofá e colchões.
“A prefeitura vem e limpa, mas os moradores têm que colaborar. Espero que agora as pessoas tenham mais consciência e não joguem mais lixo na rua, porque os prejudicados somos nós”, diz massoterapeuta Elza Araújo, que mora no Santa Rita há mais de 20 anos.

  • Se a população não toma consciência dos deveres dela com relação ao meio ambiente em que se vive nas cidades, então, é hora de nossa sociedade cobrar das autoridades o monitoramento diuturno destas áreas e autuar essas pessoas na aplicação de multas e na reincidência, a reclusão, Desta maneira, divulgasse a prisão para intimidar os demais. Já fui diversas vezes no estado da Flórida e fiquei deveras encantado com a limpeza da cidade. Além da educação das pessoas, a cidade tem monitoramento 24 horas. Estamos nos tornando referência mundial em imundice e falta de cuidados básicos com a saúde das cidades. Triste título para um país tão bonito como o nosso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *