Mosaico da Amazônia Oriental reúne dias 1 e 2

O Conselho Consultivo do Mosaico da Amazônia Oriental realizará nos dias 1 e 2 de junho, das 8h30 às 17h30, nas dependências do Natuplay, em Macapá, sua IX Reunião Ordinária.
Na pauta o retorno à solicitação da carta do Conselho de Caciques de Oiapoque (CCPIO) sobre a participação no Mosaico, o status do processo de renovação do Conselho Consultivo, indicação dos conselheiros titulares e suplentes, apresentação do estudo sobre cenários de exploração de madeira realizado pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e a minuta de lei de mudanças climáticas e serviços ambientais.
O conselho possui 31 cadeiras compostas por extrativistas, agricultores assentados, representantes dos povos indígenas Wayana, Aparai, Katxuyana, Tiriyó e Wajãpi e gestores das Unidades de Conservação.

As Áreas Protegidas que compõe o Mosaico da Amazônia Oriental são: Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque, Floresta Nacional do Amapá, Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Rio Iratapuru, Floresta Estadual do Amapá, Parque Natural Municipal do Cancão, Reserva Extrativista Beija-Flor Brilho de Fogo, Terra Indígena Wajãpi, Terra Indígena Parque do Tumucumaque e Terra Indígena Rio Paru D’Este.

 

Criação – O Mosaico da Amazônia Oriental é um canal de informação e diálogo entre todos os que vivem dentro e no entorno das áreas protegidas e abrange parte do Planalto das Guianas, região reconhecida pela rica biodiversidade e diversidade sociocultural. Possui mais de 12,3 milhões de hectares e é formado por três Terras Indígenas (TI) e seis Unidades de Conservação (UC). Foi reconhecido em 2013 pelo Ministério do Meio Ambiente com o nome de Mosaico do Oeste do Amapá e Norte do Pará.

(Alessandra Lameira)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *