O mico do busto ou o busto do mico tanto faz

busto1O governador Camilo Capiberibe esteve nesta sexta-feira no município de Amapá  inaugurando a pavimentação do  “Ramal  do Bacabinha”,  que representa, segundo o prefeito Francisco de Assis, “a realização do sonho de todos os que vivem nessa região.”
Felizes e agradecidos, os moradores do lugar  mandaram fazer um busto do governador.
Coube a João Ferreira dos Santos, em nome dos  moradores da cidade, fazer a entrega do busto.  Segundo a Secretaria de Comunicação do Governo do Amapá, João ao fazer a entrega do presente disse que “um dia os empresários se reuniram e disseram que mandariam fazer um busto do governante que pavimentasse a estrada e hoje viemos cumprir nossa promessa”.
Ok. O governador nem sabia, mas tá lá a plaquinha do governo.
Ok. Foi presente e a boa educação recomenda que não se rejeite presentes. Mas a ética recomenda que autoridades não aceitem presentes, principalmente desse tipo que promovem o culto à personalidade.
Com a mesma rapidez que a Secretaria de Comunicação divulgou com orgulho a foto da busto surgiu nas redes sociais todo tipo de críticas e piadas sobre o mimo. Até aliados e assessores do governador consideram o mimo um king-kong.
E é. Ou não?

(Foto: Secom)

  • não sei se vcs sabem mas esse busto é uma propaganda política antecipada olha ai Tjap, e povo do município de Amapá cuidado, enquanto estão dando “presentinhos” caros enquanto o povo está sofrendo com o aumento dos impostos e das mercadorias, será que ninguém v isso? Temos a “arma” na mão o VOTO.

  • caraca quanta gente do walvez se mordendo… hehe.. sou contra essa homenagem pra politico ao menos q essa pessoa tenha revolucionado e mto a vida da populacao… mas pelo q li na reportagem… o pessoal do amapa iriam.homenagear o politico que fizesse a obra… claro que e obrigacao dos politicos de fazerem as melhorias, mas os outros governantes perderam a chance de ganhar um busto… kkkk…

  • Égua têm muita gente se mordendo kkkk o cara fez a obra, se é obrigação ou não ta feito. E quando passarem pelo rodovia vão ter que engolir que foi o Camilo que fez.

  • Restou uma duvida, quem fez a placa? o proprio governo? em todo caso mesmo que tenham sido moradores, fica ridiculo isso, quem cha que não perdeu o bom senso.

    • E o que vc me diz quando os homenageados são os ladrões do dinheiro público,ai pode né? A recepção aos que voltaram da Papuda foi uma blz,.Aff! oh! povinho 100noção. Enfim,as “comadres” tem que se alimentarem das invejas e fofocas,caso contrário,morrem de tédio.

  • Parece que está “empapado” de farinha. Escultura acadêmica não é fácil fazer. Se tivesse sido feita com traços modernos, a la Niná Nakanishi, garanto que ficaria melhor.

  • Flavio, faço minhas, suas palavras.. E o atoleiro próximo a fazenda do ze leite, na cajueira?? Passei lá vi o excelente asfalto e me lembrei.. O resto é mimimi de quem não reconhece os acertos desse governo…

  • Imagina quando for a inauguração do Macapaba! Farão uma estátua da altura do bloco mais alto para homenageá-lo. kkkkkkkk MPF, cadê você?

  • “CAMPANHA: JUSTO BUSTO OU BUSTO JUSTO” – Tudo errado! o mico que não é mico e sim King Kong….o busto que era extra e virou oficial….

  • Bela jogada! As faixas mixurucas, de agradecimento do “povo”, não estavam dando ibope então se mandou construir busto para chamar atenção.

  • E as medalinhas e honrariazinhas que as entidades, órgãos e poderes vivem a se entregar, um ao outro ? Ninguém repara ?

  • ”Demonstração de “carência” da população por locomoção, de “abandono” por décadas sem este serviço, de “respeito” com quem lhes atende, embora não fosse necessário, pois é dever do político, eleito e pago pela sociedade.

    • Ivan, não é inveja, é auto promoção, o homem estar desesperado, de 18 para 100, faltam 82. se o busto tiver composição de 82% de barro certamente irá se decompor em outubro próximo.

  • Verdade seu Flávio Monteiro, só quem nunca precisou sair de seu conforto para vir agora criticar, uma viagem longa e ter que enfrentar aquele ramal horroroso como era, e voltar no mesmo dia.
    Não acho justo agora tds darem pitaquinhos pq tá mexendo com os brios de seus favoritos…
    Que bom da população ter reconhecido.
    O que falta no AMAPÁ é o POLÍTICO NASCIDO AQUI AMAR SEU ESTADO!!!!!

  • O governo do Estado merece ser elogiado por ter realizado os serviços de pavimentação asfáltica do trecho descrito no município de Amapá, beneficiando, dessa forma, a coletividade Quanto à ideia da confecção do busto do governador, não importa de onde tenha partido, e por mais infantil e cômica que pareça, é apenas um detalhe, somente isso.

  • Morei no Amapá, por mais de dez anos e nesse período, senti na pele o que é comer poeira, ou tomar banho de lama, literalmente. Os moradores daquele município já mereciam há muito esse alsfalto. Se esta homenagem é um mico, mimo ou um king-kong, só quem é morador do município sabe o que é um sair de um atraso de anos e agora,poder vislumbrar um futuro promissor, de um município rico em sua pecuária, turismo, riqueza histórica e um povo acholhedor. Vários governantes passaram e sequer tiveram a preocupação e o compromisso que o Governador atual teve. Inclusive, teve um ex-governador, que morou no município, conheceu os problemas, as necessidades ou melhor, viveu tudo isso e tão pouco se preocupou em melhorar a vida da população amaparina, enquanto mandatário máximo do Estado. A homenagem foi exagerada, pode ter sido, porém, repito, só quem sofreu durante anos pode expressar, seja de que forma for uma justa homenagem. Agora devido a placa no busto ter a logomarca do GEA e caso este busto tenha sido uma homenagem em benefício próprio, ou seja, a assessoria tenha mandado confeccionar com ou sem conhecimento do governador, aí então, eu acho que foi uma bola fora. Em todo caso, quero registra aqui a minha felicidade em ver essa obra concluída. Ainda esta semana estive no Amapá e pude ver o quão o serviço foi bem feito. Parabéns ao povo do Amapá, que a partir de agora possam vislumbrar um futuro de crescimento e prosperidade. P.S: A única coisa que me deixou triste foi que em relação ao ramal da Base Aérea, o asfalto não contemplou aquele “Museu à Céu Aberto”. Quer dizer, se já estava esquecido, está fadado a se perder na linha do tempo. Governador, Secretário de Turismo, Prefeito Assis, com a palavra.

    • Eu também morei muitos anos no Município do Amapá, especificamente no bairro Vila Nova. Concordo que os habitantes do município merecem respeito e consideração, assim como merecem dos demais municípios. Realmente aquela obra era necessária, assim como é na região da Base Aérea (hoje museu), mas se a cada obra feita pelos nossos governantes o povo tiver que “construir” mimos em troca onde iremos parar?
      Não esqueçamos que elegemos os governantes exatamente para agirem (corretamente) em nosso benefício! Para fazerem o que o povo necessita que seja feito. Então tudo que eles fazem é “apenas obrigação” como mandatário. E deviam ter o respeito pelo povo e não ficar fazendo média com obras que são sua obrigação de fazer.
      Fizeram o ramal… já era hora… agora espero que terminem de asfaltar a BR-156 que já se arrasta a décadas e décadas. Espero que resolva a falta de leitos e remédios nos hospitais públicos, onde os pacientes se amontoam em busca de atendimento digno. Espero que resolvam a falta de segurança em nosso Estado, pois quase todo dia temos assalto, roubos, assassinatos, etc. Ufa!!!! O GOVERNANTE QUE RESOLVER TUDO ISSO… CREIO QUE MERECERÁ UMA ESTÁTUA DE CORPO INTEIRO!!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *