Reconhecimento – Padre Paulo recebe comenda Dom Hélder Câmara

padre1

Padre Paulo recebe comenda Dom Hélder Câmara no Senado Federal
Raphaela Carrera

Agraciado na manhã desta quarta-feira, 03, no plenário do Senado Federal em Brasília, na 6°premiação da Comenda de Direitos Humanos Dom Helder Câmara,  o presidente do Instituto Joel Magalhães (Ijoma), Padre Paulo Roberto, teve reconhecido nacionalmente seu trabalho à frente do Ijoma na luta pelos direitos das vítimas de câncer no estado do Amapá.

Durante a solenidade, ficou clara a importância de se olhar as pessoas que enfrentam o drama de uma doença tão devastadora de forma mais sensível através da sociedade e dos poderes institucionais.

Para o senador Davi Alcolumbre (Democratas-AP), autor da indicação de Padre Paulo à Comenda Dom Hélder Câmara, o trabalho desenvolvido pelo Ijoma representa não somente uma ação social em benefício de uma parcela da população,  carente da atenção de políticas públicas adequadas na área da saúde, mas também,  fundamentalmente, um trabalho humanitário na busca pela qualidade no atendimento às vítimas somado ao exercício pleno da cidadania em um momento de tamanha fragilidade pelo qual passam os doentes de câncer ao enfrentar a doença e suas consequências.  “É uma premiação justa e merecida pela relevância do trabalho do padre Paulo e por seu significado na vida de quem mais precisa. Que a cada momento possamos cada um de nós, em seu posto fazer o bem, fazer o que com muito amor, faz o padre Paulo.” Avaliou Davi

O Padre Paulo Roberto é exemplo de superação, destemor e dedicação. Servo de Deus e da Igreja, trabalhou em diversas paróquias e comunidades no Estado do Amapá e, com sua formação acadêmica, como graduado em Filosofia e mestre em Direito Canônico, tem difundido os ensinamentos da Igreja e da academia, que o elevou a um novo nível quando foi designado para a Paróquia Jesus de Nazaré e, então, passou a desenvolver trabalho social e religioso que atrai mais de três mil fiéis em suas celebrações todas as quintas-feiras (Missa da Cura), que buscam a cura espiritual e física, e lá encontram a paz e a palavra incansável e dedicada do Padre  Paulo Roberto.

Padre Paulo usou a Tribuna da Casa, e em seu discurso ressaltou o caos na saúde pública do Amapá. “Precisamos dar um grito de socorro em nome da saúde pública amapaense. Me sinto honrado com tamanha homenagem e motivado a trabalhar incansavelmente pelo meu Estado.” 

padre2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *