Seminário sobre hipertensão

A Coordenação Estadual de Hipertensão e Diabetes (HiperDia) realiza, na próxima sexta-feira, 26, um Seminário sobre Hipertensão Arterial com o objetivo de orientar pacientes que sofrem com a doença sobre os cuidados que devem tomar para evitar problemas maiores.

O evento é alusivo ao Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão, comemorado no dia 26 de abril, e acontecerá no Centro de Referência em Atendimento à Mulher (Cram), das 8h às 12h e das 14h às 17h. No dia 27, haverá um passeio ciclístico e caminhada com concentração no Complexo do Araxá a partir das 17h.

De acordo com dados publicados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 2012, a hipertensão atinge um em cada três pessoas no mundo, algo em torno de 2 milhões de pessoas. No Brasil, segundo o Ministério da Saúde (MS), cerca de 30 milhões de brasileiros têm hipertensão e há outros 12 milhões que ainda não sabem que possuem a doença. Já no Amapá, existem 11.608 pacientes cadastrados no programa HiperDia. Destes, somente 10.265 são atendidos pelo Programa Saúde da Família (PSF)

O coordenador do HiperDia no Estado, Odilon Ribeiro, diz que a doença é silenciosa e, devido a isso, todos os cuidados devem ser tomados. “A doença normalmente evolui sem manifestar qualquer sintoma, sem que a pessoa saiba, até subitamente provocar uma complicação grave que pode se tornar fatal. Por conseguinte, a hipertensão é uma inimiga fatal que, acima de tudo, só pode ser combatida quando detectada”, explica Odilon.

Como se prevenir

– Substituir o sal por temperos naturais (limão, alho, cebola, cheiro-verde, orégano, cominho, coentro, manjericão etc).
– Substituir gorduras animais por óleos vegetais (óleo de soja, milho ou girassol).
– Evitar açúcar e doces.
– Retirar o saleiro da mesa.
– Evitar frituras.
– Consumir alimentos que sejam fonte de fibras como frutas, cereais integrais, hortaliças e legumes, de preferência crus.
– Evitar alimentos industrializados (molhos prontos, ketchup, caldos concentrados, mostarda, etc).
– Evitar os embutidos (salsicha, linguiça, presunto, salame, etc).
– Evitar as conservas e os enlatados.
– Evitar os salgadinhos para aperitivo (batata frita, amendoim salgado, etc).

(Alieneu Pinheiro/Sesa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *