Sindicato rejeita contraproposta da CEA

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas do estado do Amapá (Stiuap) classificou de desrespeitosa a contraproposta feita pela diretoria da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) e decidiu na próxima segunda-feira (10) paralisar por 24 horas os trabalhos na companhia.

A contraproposta da CEA para o Acordo Coletivo de Trabalho estabelecia reajuste parcelado de 7,13% mas deixava de fora benefícios significativos para os trabalhadores como: vale alimentação, auxílio creche e adicionais.

O presidente do sindicato dos urbanitários, Audrey Cardoso, disse que a categoria está unida e a paralisação atingirá também os escritórios da CEA nos municípios do Estado.

“A forma arbitrária de como a direção da companhia vem negociando com o sindicato desconsidera também as ATAS das negociações anteriores que inclusive foi assinada pelos diretores da CEA”, diz o Audrey Cardoso. Ele diz ainda que “este tipo de conduta por parte da direção da CEA, coloca em risco vários outros direitos adquiridos pelos trabalhadores como o anuênio e a licença prêmio”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *